Oca do Cacique Beira-Mar -Templo Escola de Umbanda
"A missão não envaidece, responsabiliza" (Cacique Beira-Mar)
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas LinksLinks
Textos

 
A LINHA VEGETAL OU DO CONHECIMENTO: OBÁ



 
O SIGNIFICADO DO NOME OBÁ

O nome Obá significa “Rainha”.
 
O CONTEXO AFRICANO

Em síntese, Obá é a divindade que habita um rio do mesmo nome na Nigéria. Está associado a água doce como Oxum, mas, enquanto esta tem seu domínio em um rio calmo e tranquilo, Obá está miticamente relacionada às águas revoltosas. É o orixá que domina a paixão, talvez de modo doentio ou obsessivo. Como as deusas guerreiras, Oxum e Iansã, Obá também foi esposa de Xangô, foi sua terceira mulher.

A característica mais marcante de Obá é a masculinidade e a dificuldade em ser gentil. É decidida e objetiva em suas atitudes. Nas cerimônias, Obá apresenta uma dança marcial mais parecida com a do orixá Ogum, empunhando uma espada de cobre enquanto leva na mão um escudo, com o qual esconde o lado de seu rosto que não apresenta orelha.

A iniciação de uma filha de Obá requer conhecimento sobre este orixá. Por isso, o número de filhas de Obá, de características mais semelhantes a Iansã, cresce a cada dia.
 
QUALIDADES DE OBÁ

Em síntese, são sete as qualidade de Obá no Candomblé, vejamos:
 
1) Obá Gìdéò- Neste caminho Obá está ligada a Xangô
– Obà Syìó- Neste caminho Obá está ligada a Xangô e Oyá
– Obà Lòdè- Neste caminho Obá está ligada a Iyami
– Obà Lóké- neste caminho Obá vem junto com Odé
– Obà Térà- Neste caminho Obá está ligada a Ogum
– Obà Lomyìn- Neste Caminho Obá está ligada a Oxalá
– Obà Rèwá- Neste caminho Obá vem junto com Ewá
 
Compartilhei acima as qualidades de Obá no Candomblé apenas para efeito de conhecimento, pois, na Umbanda que praticamos, não denominamos de qualidades as diversas maneiras como Obá é conhecida e se manifesta, antes temos o entendimento de que Obá atua e se manifesta nos campos de outros orixás. Logo, antes de perguntarmos qual a qualidade a sua Obá, perguntamos: “qual o campo de atuação da sua Obá?”, que, tendo como base as Sete Linhas de Umbanda, com 14 (catorze) orixás polarizados em pares de 7 (sete) orixás, podem ser 13 (treze) campos de atuação, compreendido? Esses campos são campos de outros orixás, e Obá atua neles. Caso não entenda essa parte, leia texto “As Sete Linhas de Umbanda” postado aqui em nosso site.
 
ALGUMAS LENDAS SOBRE OBÁ
 
Obá é Expulsa de Casa por Xangô

A lenda sobre Obá relata que ela desejava ter mais perto de si Xangô. Assim, ela procurou Oxum para que ela pudesse lhe dar um conselho. Oxum explicou que havia cortado suas orelhas e feito um ensopado pra enfeitiçar Xangô. Obá cortou uma de suas orelhas e a colocou na sopa. Quando Xangô experimentou a refeição, expulsou-a de casa. Geralmente, quando incorporada, lança-se contra as filhas de Oxum, especialmente se estas estiverem próximas do orixá Xangô.
 
Obá Guerreia Contra Ogum

Na mitologia, atribui-se a Obá um confronto com Ogum, por também tratar-se de um orixá imbatível. Neste confronto, não houve vencedor nem vencido. Ogum não conseguia vencer Obá e Obá não conseguia derrotar Ogum. Ao final do confronto, amaram-se em respeito à força e ao encontro do outro. Ogum tenta leva-la para si, mas o coração de Obá pertencia pela eternidade a Xangô. Partiu para encontrar seu próprio destino embora com o coração tocado.
 
Obá na Umbanda Sagrada: O Trono Feminino Vegetal ou do Conhecimento

Na Umbanda Sagrada, corrente que mais nos influencia, Obá está situada na terceira linha de Umbanda, a Linha do Vegetal ou do Conhecimento. Ao lado de Oxóssi, Obá tem como um dos fatores principais o concentrador, ou seja, atua como concentradora do conhecimento, paralisando e esgotando o conhecimento desvirtuado que prejudica o indivíduo, coletividade e o ambiente ao seu redor. De um momento para o outro, aquele ser que adquiriu saber vasto e expandido começa a perder o interesse em prosseguir mergulhando naquele campo, e se vê sem ação; na verdade, por ter se afastado do bom propósito que o conhecimento proporciona, por meio do saber e da expansão do raciocínio, está sob atuação de Obá, que está paralisando e esgotando, no intuito de absorver os vícios, desvirtudes, malefícios, etc, e de reconduzi-lo ao caminho do crescimento sadio, não apenas para si, mas para os outros também.

Enquanto Oxóssi expande o conhecimento fazendo com que os seres progridam em seu caminho evolutivo, Obá concentra esse saber, levando a paralisia e esgotamento quando os seres se desvirtuam do caminho iluminado e de expansão que antes trilhavam. Obá é ativa, cósmica e absorvedora no campo divino do conhecimento (se não entender estes termos, leia o texto “As Sete Linhas de Umbanda”, postado aqui em nosso site), e passa atuar sobre os seres a partir do momento em que estes se desvirtuam, seja pela arrogância, pela soberba, pela domínio de terceiros para fins escusos, etc, etc.
 
O ARQUÉTIPO DOS FILHOS (AS) DE OBÁ

No Positivo:

Guerreiros
Líderes
Fortes
Determinados
Centrados
Fiéis
Leais
Honestos
Diretos no modo de falar
Racionais
Lógicos
Organizados
Confiáveis
Etc.
 
No Negativo:

Amargos
Vingativos
Impulsivos
Rancorosos
Sentem-se inferiores
Não perdoam com facilidade
Briguentos
Solitários
Inseguros
Pouco Empáticas
Indecisos
Etc.
 
INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE OBÁ
 
Saudação: Obá Xirê  ( Significa “rainha poderosa, forte”)

Cor: Vermelho (e outras variações, no Candomblé) e Magenta, na Umbanda Sagrada.

Elemento: Água Doce

Ponto de Força: Beira de um rio ou trecho de rio com águas revoltas.

Sincretismo: Joana Darc

Data Comemorativa: 30 de Maio (em nossa Casa)

Dia da Semana:  Quarta-feira (no Candomblé), Quinta-feira, em nossa Casa.

Instrumento: Adaga

 
A NECESSIDADE DE UM (A) FILHO (A) DE OBÁ

Desenvolver sua racionalidade, por meio do raciocínio e do conhecimento, visando suplantar as paixões, impulsos e emocional negativo que costuma assolar os filhos (as) de Obá e os impedir de avançarem em vários aspectos de sua vida.
 
 
 
Oca do Cacique Beira Mar Templo Escola de Umbanda
Enviado por Oca do Cacique Beira Mar Templo Escola de Umbanda em 28/05/2017
Alterado em 28/05/2017

Música: Xirê Oba - ketu - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

"Deus não só faz  Justiça, Deus é a Própria Justiça". (Baiano Zé do Coco)





"A melhor firmeza é a do coração". (Caboclo Beira Mar)





"Quando a vida está ruim, o Rosário é um simbolo que nos indica como buscar ajuda" (Pai Antonio de Angola).





"Quem vive com Ogum, Ogum não abandona nem após morte". (Marinheiro Martim Pescador).






"Não são os encarnados, filhos de santo, falhos, pequenos, errantes por natureza que dirão se uma entidade é ou não de luz, mas a própria entidade com suas obras de caridade." (Baiano Zé do Coco)